Nutrição Gestacional

 

 

O acompanhamento nutricional na gestação é um item de extrema importância para assegurar um bom desenvolvimento do bebê e uma gestação mais saudável. Nesse acompanhamento, trabalhamos a alimentação de forma a atender as necessidades tanto da mãe quanto da criança que está para nascer, de forma que se tenha um ganho de peso saudável, determinado caso a caso, assegurando, assim, maior sucesso na lactação e um pós-parto mais tranquilo.

 

O inadequado estado nutricional materno no período pré gestacional e durante a gravidez, além de favorecer o desenvolvimento de intercorrências gestacionais, favorece ainda a instalação de carências nutricionais. O adequado acompanhamento da gestante durante o pré-natal proporciona inúmeros benefícios em relação ao prognóstico materno-fetal e a diminuição da mortalidade materna. Em especial, o controle do ganho de peso e glicemia gestacional vem sendo apontado como um importante preditor da retenção de peso no pós-parto e do desfecho ótimo na gravidez.

 

A gestação é um período anabólico que requer uma quantidade extra de energia, que deve ser determinada individualmente de acordo com o estado nutricional e peso da gestante no período pré-gestação. Do ponto de vista nutricional, as primeiras 8 semanas de gestação correspondem ao período de desenvolvimento fetal (blastogênese e organogênese), requerendo quantidades adequadas de aminoácidos, ácido fólico, vitamina B, manganês e vitamina A. As semanas seguintes refletem o período de rápido crescimento fetal, ocorrendo intensa hipertrofia celular, e aumento de peso significativamente maior em comparação ao período anterior. Sendo assim, as deficiências nutricionais do período pré-gestacional e inicio da gestação podem comprometer a formação fetal, sendo uma das principais complicações fetais, a má formação do tubo neural decorrente da deficiência de ácido fólico.